24/10 13:09

Governo promove oficina de implantação de hortos nos terreiros de São Luis

mail-3-4

O Governo reúne pais e mães de santos durante oficina de implantação de hortos de plantas medicinais nos terreiros em São Luís. Técnicos das Secretarias de Estado da Saúde (SES) e da Igualdade Racial (SEIR) dialogaram sobre a utilização de plantas medicinais para uso terapêutico, na forma de chás, pomadas, fricção, assim como ações do projeto ‘Minha Folha, Minha Cura’ e Educação Popular em Saúde.

Para mãe Nonata Doxum, do Terreiro do Cajupe e coordenadora do Fórum das Mulheres de Axé, o projeto promove saúde apoiando a cultura dos povos e comunidades de matriz africana. “Já fazemos a manipulação com as plantas e ervas. A construção do horto e canteiros tem só a somar. A oficina serve para entendermos as práticas técnicas e a nossa prática. O outro grande objetivo é a multiplicação que é exatamente onde achamos que vamos conseguir avançar e transformar em economia sustentável”, contou.

A oficina aborda o uso terapêutico das plantas medicinais catalogadas no Farmácia Viva.  A coordenadora do projeto da SES, Kallyne Costa, ressalta que os cursos são uma forma de orientar, de forma técnica, a fazer o uso correto das plantas medicinais e tirar o melhor proveito delas no cuidado com a saúde. “Além do trabalho terapêutico e das prescrições médicas com tratamentos à base de plantas medicinais, o Farmácia Viva vem capacitar as pessoas que têm interesse sobre o assunto, o que contribui para a disseminação da fitoterapia no cuidado com a saúde”, ressaltou.

O gestor de Matriz Africana da Secretaria de Estado da Igualdade Racial (SEIR), Sebastião Cordeiro, explicou que a proposta é unir e valorizar a cultura popular existente nos terreiros à técnica dos cuidados de saúde. “Nós temos oito terreiros e vamos ter um núcleo no Convento das Mercês com a comunidade local e os terreiros do Centro vão poder trabalhar aqui também. O projeto é muito grande e de muita importância no resgate das tradições da medicina popular e das ancestralidades”, afirmou.

A oficina segue nesta quarta-feira (24) e quinta-feira (25) com atividades práticas nos terreiros e no herbário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A programação conta com atividades práticas de cultivo do horto medicinal, a exemplo da preparação do solo, adubação, canteiros, combate de pragas e colheita.

MINHA FOLHA, MINHA CURA E FARMÁCIA VIVA
O ‘Minha Folha, Minha Cura’ prevê ainda a realização de oficinas de cooperativismo e empreendedorismo, além da formação de multiplicadores. Para ampliar o alcance dos objetivos do projeto, o governo estadual integrou o projeto ao programa da SES Farmácia Viva.

Contatos

contatos

Telefone:

(98) 2108-9124 e 2108-9139

E-mail:

secigualdaderacial.ma@gmail.com

Links Úteis
Localização

localização

Secretaria de Estado da Igualdade Racial

Click to open larger map

Rua Djalma Dutra, 121, Centro - São Luis - MA