24/07 17:38

SEIR promove ação de fortalecimento étnico em comunidades quilombola no sertão maranhense

A Secretaria de Estado da Igualdade Racial (SEIR) promove nesta terça e quarta-feiras, oficinas com comunidades quilombolas de Faveira, em São João dos Patos e Tabuleiro, em São Domingos do Azeitão, onde promove a política de ação afirmativa desenvolvidas pela pasta.

Nas reuniões com os quilombolas são apresentadas as ações da igualdade racial, como o Programa Maranhão Quilombola, Programa de Matriz Africana, rotas quilombolas, inclusão produtiva e feitas palestras de fortalecimento da identidade étnica, com vistas ao processo de auto identificação e reconhecimento junto aos órgãos públicos.

“Com a comunidade se auto reconhecendo como quilombola eles podem acessar com mais facilidades as políticas públicas e adquirir mais benefícios para todos”, explica Eduardo Filho, gestor de comunidades quilombolas da SEIR que participa do encontro.

Estas comunidades tem um histórico que as identifica como remanescentes de quilombos, como a descendência de escravos, a manutenção da identidade étnica, forma coletiva de gestão da produção de subsistência, características da religiosidade de matriz africana, medicina tradicional com uso de plantas e presença de benzedeiras e parteiras e herança de tradições africanas.

Estas características foram observadas pelo sociólogo e assessor de matriz africana da SEIR, Sebastião Cardoso, que confirma: “São verdadeiramente comunidades quilombolas nos aspectos sociológicos, antropológicos e cultural ”.

Francisca Silva de Sousa, moradora da comunidade Faveira, afirma que “Muitas pessoas diziam pra gente ‘vocês são descendentes de quilombos’, mas a gente não compreendia bem o significado disso e agora já sabemos nossa importância e que nossa comunidade tem direito a benefícios”.

O próximo passo será a realização de uma assembleia geral onde os próprios moradores se auto reconheçam como remanescentes de escravos, fazer um relatório descrevendo o histórico da comunidade com suas tradições e costumes, anexar fotos, depoimentos e ata da assembleia e dar entrada na Fundação Cultural Palmares, órgão do governo federal responsável pela certificação das comunidades quilombolas.

Os encontros decorrem de reunião com vereadores dos dois municípios realizada durante a audiência pública do Orçamento Participativo em Paraibano no final do mês de junho, onde os parlamentares pediram ação de fortalecimento das comunidades com vistas à certificação das mesmas.

Contatos

contatos

Telefone:

(98) 2108-9124 e 2108-9139

E-mail:

secigualdaderacial.ma@gmail.com

Links Úteis
Localização

localização

Secretaria de Estado da Igualdade Racial

Click to open larger map

Rua Djalma Dutra, 121, Centro - São Luis - MA